terça-feira, 17 de junho de 2008

HISTÓRIA DE KIM - R. Kipling

.... * Rudyard Kipling escreveu, na sua vasta obra, a história de Kimball O'Hara, um jovem órfão, nascido e educado na Índia Britânica, filho de um Sargento de um regimento irlandês estacionado na Índia. Quando os pais morreram Kim era ainda criança, tendo ficado entregue aos cuidados de uma tia. Nas ruas de Lahore, por onde vagueia todo o dia, encontra um velho sacerdote Tibetano a quem se liga com profunda amizade e que passa a seguir como discípulo. Num ambiente ora sedutor ora hostil, de estudante contrariado a espião dos Russos a mando dos serviços secretos Britânicos, Kim, o “O amigo do mundo”, vê-se envolvido em inúmeras e empolgantes aventuras. Debatendo-se entre os valores antitéticos da contemplação e da vida de acção que incontestavelmente o atrai, o jovem Kim encerra em si próprio os contrastes das culturas oriental e ocidental.
..... * Sendo os seus companheiros os rapazes indígenas de rua, Kim aprendu a falar como eles e a conhecer bem os seus costumes, o que lhe foi de grande utilidade no seu trabalho de espião para o Governo de Sua Majestade. O ter encontrado o antigo Regimento de seu pai, veio mudar-lhe um pouco a vida. Tendo entrado no acampamento, foi preso por suspeita de roubo. Ao revistarem Kim, encontraram a certidão de nascimento e outros documentos, onde ficou provado quem ele era, pelo logo o pessoal do Regimento tomou conta dele e o mandou educar. Mas sempre que vinham as férias, Kim voltava a vestir-se à moda indiana e andava pelo meio da multidão como se fosse um deles.
..... * Foi mister Lurgan quem o veio a introduzir nos Serviços Secretos, quendo descobriu as capacidades de Kim para fixar pormenores daquilo que ia observando, o que fazia dele um excelente explorador. Lurgan mostrava a Kim uma salva cheia de pedras preciosas, de tamanhos e variedades diferentes. Deixava-o vê-las durante um minuto, após o que as cobria com um pano e perguntava a Kim quantas e quais as pedrqs que havia visto. Se, no princípio, era difícil recordar-se de todas, após alguns ensaios passou a fixar absolutamente tudo. E não só pedras, mas todos os objectos que fossem colocando ele memorizava-os completamente.
..... * Kim tornou-se um dos mais famosos agentes dos Serviços Secretos Britânicos e as suas aventuras merecem ser conhecidas por todos aquelesque algum dia sonharam ser Escuteiros, porque... O ESCUTA É BOM OBSERVADOR!.

Sem comentários: