sexta-feira, 10 de julho de 2009

ACAMPAMENTO AMBIENTAL

Nos dias que passam, uma das palavras que mais se ouvem é "proteger o ambiente"... "fazer uso de métodos ecológicos na montagem dos nossos acampamentos"... "utilizar a separação de objectos passiveis de reciclagem" e tantas outras coisas que já deixaram de ser simples moda ou a preocupação de alguns jovens cabeludos, desses que usam óculos redondos e de ideias radicais e passaram a ser uma exigência consciente de uma sociedade que anseia por viver melhor, de um modo mais saudável e está atenta, pois em todo o mundo começou a existir uma consciência colectiva capaz de nos levar a exigir o ar mais puro, a água menos poluída, menos poluição sonora, uma arquitectura em que é notória a harmonia de linhas e correcta inserção na paisaigem, imperando o bom gosto e o conforto, cores não agressivas... em suma: UMA VERDADEIRA APOSTA NA QUALIDADE DE VIDA... que deve ser preocupação do Escuteiro.
De facto, o Escutismo pode considerar-se o mais antigo movimento de defesa ambiental, pois foi o próprio Fundador, Baden-Powell, quem se propõe incluir no Escutismo uma Lei em que é fundamental respeitarem-se as plantas e os animais (Artigo 6º. da Lei do Escuteiro: O ESCUTEIRO PROTEGE AS PLANTAS E OS ANIMAIS), mesmo que naquele tempo a defesa do ambiente ainda fizesse pouco sentido. A conservação do ambiente tem hoje um campo de acção muito vasto, estando a ser realizada uma tremenda luta que permita salvar o planeta terra, sendo esta luta menos amadora e mais científica, menos poética e mais jurídica.
O que se pretende com aquilo que se escreve? Apenas e tão só deixar um "ALERTA" para alguns dos erros que se vão cometendo, muitas vezes, quando vamos acampar... e agora é chegado o tempo dos grandes acampamentos de Verão.
Baden-Powell sempre alertou para a necessidade de se "deixar o local de acampamento melhor do que o encontraste", pelo que vamos deixar aqui algumas sugestões e cuidados a ter para a protecção ambiental nos acampamentos.
Ao chegares ao local do acampamento...nunca arranques a vegetação que por lá exista, pois se o fizeres estarás a contribuir para que, por causa da utilização contínua, a erosão depressa torne o campo num local onde se tornará impossível voltar a acampar.
O que será bom é limpares o local do teu acampamento, retirando os paus e as pedras que nele encontrares.
Ao proceder à montagem do campo... não pregues nem espetes nada nas árvores, pois se o fizeres vais danificar os canais condutores da seiva da árvore... e isso, quando menos esperas, acabara por matar a árvore. O que deves é usar uma espia e com ela seguras aquilo que quiseres.
... nunca faças regos em volta da tenda, pois ao fazê-los estarás a destruir a camada de "manta morta" (humus), causando graves danos no sistema radicular da vegetação existente. Sendo imprescindível fazer regos para escoar as águas das chuvas - se a tenda não é impermeável...por exemplo - fá-los então de um tamanho reduzido e com pouca profundidade.
Para as construções de campo... nunca cortes nenhuma árvore, pois quando o fazes estás a desperdiçar e a danificar os recursos florestais existentes. Posso lembrar-te que "uma árvore é uma vida". Deves reduz as construções a um mínimo possível, usando algumas madeiras de troncos caídos... e tenta que as construções fiquem apoiadas nas árvores, pois assim reduzirás a madeira para as construções.
... não desperdices a água, pois esta é um recurso natural de elevada importância e já está bastante limitado. Utiliza a água com método e parcimónia, evitando deste modo um consumo elevado de um bem tão precioso.

... na lavagem da loiça ou da roupa, nunca utilizes detergentes que não sejam biodegradáveis . Se usares estes produtos estarás a contribuir para uma contaminação dos lençóis de água existentes no subsolo. Lava a loiça ou a roupa utilizando sempre detergentes biodegradáveis, pois são menos poluentes.
No teu dia-a-dia no acampamento procura não deitares nada para o chão. Se o fizeres estarás a destruir a floresta, poluindo-a. Utiliza sacos para recolha e tranporte dos lixos para um local onde façam a sua recolha, quando terminar o acampamento. Dentro do possível, deves separar esses lixos por tipos.

... nunca grites com os teus companheiros nem utilizes rádios, porque se o fazes não poderás disfrutar do "silêncio" que a vida no campo te pode oferecer...e estará a perturbar o "habitat natural" onde te encontras.

Se cumprires com estes simples princípios, podes ter a certeza de que o teu acampamento de verão irá decorrer de uma forma de que te irás orgulhar!
É que o bom Escuteiro faz coisas boas por bons motivos ... e até nem precisa que lhe lembrem a Lei! Basta-lhe ser consciente!

Sem comentários: