quarta-feira, 10 de março de 2010

QUEM QUER SEGUIR BADEN-POWELL???

O dia 22 de Fevereiro foi o DIA DO PENSAMENTO, que nós, Escuteiros, dedicamos ao nosso ilustre Fundador e Chefe Mundial, Lord Robert Baden-Powell de Gilwell.
Não sei quantos Escuteiros em todo o mundo o recordaram nessa data, porque a memória dos homens tende a esquecer aqueles que, como diria o nosso Luis de Camões, "por obras valerosas se vão da lei da morte libertando!", mas por certo houve muitos que relembraram alguém a quem o mundo ficou a dever o mais importante e completo método de educação integral da juventude: O ESCUTISMO!
Também não vou aqui avaliar quantos terão sido os cidadãos no mundo que vieram a seguir as pégadas do Fundador, porque certamente lhes perderia a conta, se a tal propósito ousasse pôr mãos, porque me suscita aquela imagem dos filhos de Abraão, que seriam "mais numerosos que as estrelas do céu ou os grãos de areia das praias". No entanto, Portugal teve desde sempre muitos e bons seguidores de B.P., que procuraram viver segundo o seu espírito e dando-o a conhecer aos vindoros.
Talvez seja o motivo porque um célebre dia, perguntando a um jovem Explorador porque se tornara Escuta, ele apenas me dissse estas singelas palavras: - "Para que o 'Caminho a Seguir' que o Fundador nos deixou, possa um dia tornar-me um cidadão digno deste País!". Fiquei de boca aberta para a determinação que estava implícita nesta afirmação, pelo que procurei saber um pouco mais sobre a caminhada deste Escuta dentro do Movimento. Soube que o pai também havia sido Escuteiro e que sempre o incitou a viver segundo a Lei, os Princípios e a Promessa. É este o legado de B.P.! É este o espírito do Fundador, que pretende que cada um de nós seja testemunha do seu método, seja um impulsionador do Escutismo um pouco por toda a parte, fazendo-o desbravar caminhos como um grande fogo que alastra, o fogo do ideal Escutista que será perene!
Quando das visitas de B.P. a Lisboa, em 1929 e 1934, desde logo ficou o Chefe Mundial ciente que em Portugal o Movimento Escutista tinha pernas para andar e iria ser um êxito no meio da nossa juventude, mercê do profiado trabalho de pessoas como D. Manuel Vieira de Matos, Monsenhor Avelino Gonçalves, o Dr. Tovar de Lemos, o Dr. José Francisco dos Santos, o Conde de Penha Garcia, Sigvald Wiborg, o Dr. Weiss de Oliveira ou D. José de Lencastre, pertencentes ao então denominado Corpo Nacional de Scouts e da Associação dos Escoteiros de Portugal.
Baden-Powell e a Esposa, Lady Olave, tinham por Portugal especial carinho... e os seguidores do espírito daqueles "Cidadãos do Mundo" souberam ser dignos desse carinho, pois traçaram o grande jogo da vida utilizando sinais de pista inspirados naquele que recordámos no pretérito dia 22 de Fevereiro!
Boa Caça, Irmãos!
Victor Elias - Lobo Esfaimado

1 comentário:

RCM disse...

Pertenço a uma associação de antigos filiados do Corpo Nacional de Escutas, a FNA (Fraternidade Nuno Álvares) e, tal como inúmeros escu(o)teiros celebrámos o dia de B.P. com a solenidade que ela nos merece. Escuteiro uma vez, sempre escuteiro!
O espírito prevalece enquanto pisarmos este planeta.
Canhota amiga.
Chinchila Serrana